terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Fim de ano


A morena sereia
não aguenta mais o deserto da distância do olhar.
Por isso, no fim do ano,
atendendo a um desejo insano,
vai se arriscar a voltar pro mar.
Ela vai se estender na areia
e, de gozo, quer se afogar.
Vai amar sob o poder de uma certa lua cheia
que rege as marés do seu desejar.
E de tanto tesão que a incendeia
Vai criar pernas
pra se abrir melhor aos carinhos do A-mar.
E corre o risco de se encantar tanto com as cenas -
aquela mais indecentes - que povoam seu olhar,
que chega a dar pena
do deserto para o qual ela não vai mais querer voltar...


2 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

A vida é feita de idas e vindas,...






Beijo do IN_

Fogo-fátuo disse...

E nelas que o deleite vem bem bom.