domingo, 10 de junho de 2012

Desenhar


Quero fazer de teu corpo, meu papel.
Assim, posso escrever em ti meu desejo
Com minha língua e xana em mel...

Bem assim...

Saudade de seu apreço.
Do beijo, quase, sem fim.
De você me virar do avesso.
Da tua boca sedutora carmim.
De estar na cama contigo.Sendo assim, lhe peço:
não vai mais embora de mim...

Menino do Rio



Só eu pra te entender.
Imaginas loucuras.
Dá muitas, sem frescura.
Não há casal como eu e você.
Eu, puta pura, and
You, macho que gosta de meter...

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Lembranças de amor visceral



Gosto quando segura meus cabelos
e me beijas na nuca.
Ah! Isso arrrepia meus pelos,
confunde minha cuca.
Me deixa melada saber que tu estás a fazê-lo.
Ai vem, me inclina e me cutuca.
E ficas gozadamente feliz, como só tu sabes sê-lo...


Beijos bons



Beijo na boca:
Dá vontade de tirar a roupa.
Beijo no ombro:
desejo acende como assombro.
Beijo na nuca:
deixa maluca!
Beijo nas costas:
quem não gosta?
Beijo na xana:
vontade de cair na cama.
Beijo grego:
remédio pro desasossego.
Bom é que todo grande desejo
começa - sempre - num bom beijo...

Quando te encontrar

Vem tecer amor de forma estranha.
Beija minha boca enquanto minha unha te arranha.
Chega aqui faminto, me arreganha.
Come gostoso essa minha aranha
e tira as teias de desejos das minhas entranhas...

Menina levada


I want you right here, right now
Enquanto você fica aí 'cantando de galo'
Só penso em abrir seu zíper
e 'bater' um papo com seu falo.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Macho animal





Você é meio animal.
Dá um beijo de tirar o fôlego.
Uau!
Sua língua explora a minha
de um jeito... especial.
E eu, melada em seus dedos,
abro espaço pro seu pau.
Eu o quero muito
- e muitas vezes - porque 'ele' não é mau.
Ele se enfia gostoso,
me deixa mole, que nem mingau.
Daí sua boca me dá um beijo grego
e esse cacete vem e... crau!
E sinto você alimentando minha boca dos fundos
de forma... fenomenal.
Assim fundimos nossos mundos
e chegamos ao êxtase...geral!

A proposta


Era madrugada
quando ele me deu uma ligada.
De longe falava
que estava com uma vagaba.
A colocou pra falar comigo
enquanto chupava abaixo do seu umbigo.
E como ela era safada!
Disse que me queria como mulher.
A ele, talvez só como amigo.
Que deixaria ele dar em mim, varadas,
e também ser voyeur...
Pronto! Perdi o sono.
Quem ele pensa que é?
Pra deixar sua cadela sem dono
quando, só com ele, quero meter?
Fiquei indignada, sem rumo.
Mas, confesso, pensei nesse prazer...

domingo, 29 de abril de 2012

Cara tara


Me marcou nosso rude momento de amor.
Suas caras, taras e manias.
Cara de dono pedindo que, do seu cacete, minha boca fosse beija-flor.
Tara de boquete pela manhã e amor selvagem qualquer hora do dia
e mania de vir pra minha vida e me deixar de perna bamba.
De me fazer ficar de quatro e rebolar mais do que devia.
Assim, assim, como morena em roda de samba.
Gozando a vida como se não houvesse amanhã.
Por isso tatuei na minha alma a forma como beijas, gregamente,
me convidando, sem palavras, a deixar tudo diferente.
é só eu abrir minhas pernas - escandaradamente -
pra sentir, no fundo, bem no fundo, você jorrando bem quente.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Em falta...

Sentindo sua falta comprei um vibrador.
Mas já me livrei dele.
Ele não tem, da nossa foda, aquele calor.
Ele não fala sacanagem.
Ele não põe fogo no cobertor.
Ele não me faz pensar o dia todo em bobagem
nem em dar uma, mesmo na frente de um refletor.
Ele não me faz sorrir e arrumar rápido a bagagem
Só pra sentir sua mordida me dar gostosa dor.
Ele não enfia a língua no ouvido, longa e molhada.
Ele não me pega de jeito, como um touro comedor.
Ele não me deixa nem um pouco tarada
quanto me fazia você, meu dono, meu macho, meu amor...

Café da manhã


Sou preguiçosa.
Mas, com você, acordo cedo toda a semana
só pra degustar, gulosa,
sua saborosa 'banana'.
Ela sempre está pulsante e é maravilhosa.
Sempre pronta a servir sua dona.
E só me deixa satisfeita quando leite jorra
quente - e muito - na minha boca até vazar na cama...

Lembranças fatuanas

Não foder mais contigo, poxa! É muito duro!
É perder a vontade de escrever,
só pra subir no muro
pra ver, na vizinha, o vizinho meter.
É dormir em fogo querendo preencher esse vazio, esse furo.
É passar dia e noite só, a arder.
Rolando na cama querendo só você, meu tesão mais puro.
E ficar com a calcinha melada, encharcada com a xana a tremer
Só de lembrar desse cacete - que é o melhor de todos, eu juro...

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Tesão ao mar


Ainda não dormi.
Dentro de mim há tempestade.
Saem relâmpagos de desejos por ti.
Queria era estar na tua cidade.
Ser a vela pro teu mastro - sempre firme aí.
Desfraldar-me no vento do seu tesão, perder minha identidade.
E teu corpo navegar.
Noite adentro.
Dentro e fora.
Fora e dentro.
Até perder a hora
e, não mais nos contendo,
naufragar na cama cheia de porra, suor e sentimento...


Fruta do dia: Caqui


Fruto bom esse caqui!
Queria ser como ele, só pra ti.
Mas você está ai
e eu - ah eu! - não queria estar sozinha aqui.
Então sou como essa fruta.
Deixo que me pegue a pele macia, aqui e "ali".
Deixo que me aperte, de leve, como sensual luta.
E enquanto me morde - e ri -
o alimento com meu sumo que escorre como o de uma puta...

"Eu quero a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordidaaaa..." - Cazuza

segunda-feira, 16 de abril de 2012

fazer amor de madrugada


Ta aí uma boa pedida do Kid Abelha. Que tal hoje? Fazer amor de madrugada, em cima do muro e embaixo da escada, amor com jeito de virada, você tira a cueca e eu fico pelada...

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Noite suada


Que saudade de sentir sua língua marota
solta toda em minha boca.
E eu sendo de programa sua garota
te deixando me dominar ao léu
ficando louca
enquanto essa língua bagunça todas as estrelas do meu céu.
Obediente deixo suas mãos me desarrumarem
Deixo que tire meu rumo e meu véu.
Deixo nossos corpos se amarem
foderem,
treparem.
Fica sendo sua a escolha.
Só sei que quero ser seu humano rendez vouz.
Gosto quando você, tarado, me molha
e diz, sem frescura, que quer comer meu apertado sul.
Gosto quando você, com fome, me olha.
E eu te mostro tudo de gostoso em cima da banqueta, numa noite azul...

Dia do Beijo

A boca gostosa do meu bem,
falando sério, quem tem?
A língua, de cima abaixo, vai e, deliciosamente, vem.
Só essa língua me lambe - e fode - como ninguém...

domingo, 8 de abril de 2012

Porra sem porre


Sim, foi ela, a curiosidade, que me levou a você.
Ou talvez sua simpatia "on the rock" com libido aflorada
me fez ver que, sim, eu queria te ter.
Ainda que por breve momento.
Queria sentir você meter.
Ainda que depois fosse só tormento.
Sim, eu queria te ter.
Por fim, te encontrei, e só lamento
o pouco tempo que te dei.
Ficou assim, um descontentamento
desde que regressei.
Agora quero de novo que saia do meu pensamento
e venha de verdade me fazer gozar de novo como eu gozei...
Com mordidas sem sentimento
com sua putinha te tratando feito rei
com beijos molhados que foram alento
a toda a sede pela qual passei.
Com pegada forte e eu querendo
trepar mais e mais (e como eu trepei!)
Comi teu pau sem comedimento.
Nele me esfreguei.
Beber você foi embriagamento
de copos de suores e porra. Agora, eu sei.
Quero sentir atrás sua forma doce de alargamento.
Ah! Agora, viciei...




terça-feira, 3 de abril de 2012

Troca justa

Te beijo o corpo inteiro, o deixo puro arrepio.
Em troca me invade com seu cacete bem duro
que te deixo meter a porrada no meu cio...

Sábio pegar

Depois de conhecer sua pegada
não consigo pensar em outra pessoa.
Só quero você - dia e noite - e mais nada.
Só quero cama, carinho e essa sua comida boa.
Com ela, você melhor me alimenta, me deixa extasiada.
Isso porque sinto sua fome de mim, de leão,
que alimenta a minha, que é de leoa, há meses, esfomeada...

sábado, 24 de março de 2012

Fruta do Dia: MAMÃO Fêmea

(A pedido de um tarado leitor)

A fruta do dia é o mamão fêmea.
Bom de comer gostoso
tanto quanto nossa alma gêmea.
É fruta que se come sem receios
Assim como se come uma mulher.
É assim: se abrem os meios
e se come de 'colher'.

ExplicAÇÃO

Sou safada. Mas não do 'ramo'.
Se te chamo
e se te mamo
é porque, de alguma forma, te amo...

Esperando o 'trem'



Enquanto você não vem
meu corpo se vira
com o que tem...

terça-feira, 20 de março de 2012

Esperando a Páscoa


(Em homenagem ao meu coelhão)

De olhos - de comer a noite toda - vermelhos
De pêlos (cabelos quase) branquinhos
De pulo (nada) bem leve
Ele é meu machinho.
É muito safado
Porém é teimoso
Pra pôr em mim sua "cenoura"
Já fica manhoso.
E põe aqui na frente
E põe aqui atrás
Me deixa em pose de cambalhota
É forte demais.
Colocou em mim sua cenoura
Com casca e fundo.
E tão grande ela era...
que gozou em tudo!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Café da manhã



Depois de uma noite boa,
não vai embora não!
Fica comigo aqui à toa.
Prometo ser uma menina cheia de carinho e paixão.
Em nada te lembrarei uma coroa.
Deixa que eu segure seu pau com um beijão
e você só fica quietinho enquanto seu leite escoa
pro meu café da manhã, bem faminta, sentada no chão.

Mais um dia, menos um dia



Ainda não sei o dia
ainda não sei a hora.
Só sei que já te espero bem vadia.
Só sei que te queria já agora.
Só sei que o dia está chegando
e você vai me degustar devagar, como amora.
Vai me pegar de jeito
vai me apertar com demora
me virar do avesso junto ao peito
vai me sugar sem pra terminar ter hora
vai me encostar num sofá em qualquer canto, esquerdo ou direito
vai me comer na cadeira e paredes afora
vai me deixar extasiada e suada de cabelo desfeito
e minha xana melada de você,  tal qual grama encharcada de orvalho da aurora.
Por isso conto os dias, aqui, sozinha no meu leito,
guardando forças e meu desejo que, de longe, já te devora...

sexta-feira, 9 de março de 2012

Minhas férias


<3

Hummmmmmm, deliciosas férias! Quero mais!

Por que sumi


bury your face in between my thighs


Aos tarados leitores que sentiram minha falta aqui
e se perguntaram por que eu sumi.
Explico. Tirei férias. E muito estremeci...

Cumplicidade


Depois de você, só a natureza me deixa tão molhada e em estado de graça.
O vento me beija. O sol me abraça.
Logo me vem um desejo de você e me sinto devassa.
E esse desejo não cessa!
Esse desejo não passa!
Logo quero sentir de novo seu corpo, que forte me enlaça,
quero ser sua na cama ou na praça
e nem ligar para o quanto meu rabo você assa.
Quero é suar de tesão e ser de novo sua safada comparsa.
Por isso, não some não! Vem aqui e "se acha"!

domingo, 12 de fevereiro de 2012

E as calcinhas ficaram viúvas... morre Wando

Presente de um seguidor que disse que essa música lembra a mim. Vai saber por que. Será que é porque já não sou mais pura ou porque meu passado é tão forte que pode até machucar?

Brigadeiro


Amo brigadeiro!
Me lembra a delícia do seu beijo
e o sabor que degusto no seu corpo inteiro...

Toca meu corpo



Você é música pros meus ouvidos.
Vem nas horas mais inesperadas
e me causa espasmos e gemidos.
Me toca com seu corpo inteiro e o som da sua voz.
Me toca forte.
Me toca como rock feroz.
Não deixe que meu tesão se corte
Não me deixa ser só. Sejamos nós...

Noite boa



Dia amanhece
e meu corpo não esquece
de ti.
Dia anoitece
e é como se meu corpo soubesse
que em sonho você vai voltar aqui.
Fica feliz e enlouquece
só de pensar e dorme pra sorrrir.

Ah! Mau que Ri


E ali estava eu
numa vida em preto e branco
e você apareceu.
Pra ficar à sua altura tive que subir um tanto
mas você também desceu.
Por isso deixei-o ir por recantos
que só você conheceu.
E foi maravilhosa nossa relação.
Teve tudo o que prometeu
Teve beijo de tirar o fôlego
Teve pau e teve mão que meteu.
Teve calcinha melada só pelo desassossego.
Teve desequilíbrio e muito vinho que me bateu.
Teve sonho e teve apego.
Teve respeito e carinho que só mais te enobreceu.
Teve gozos quase infinitos que inflaram meu ego
E que espalhamos por toda a casa do amigo seu.
Teve a delícia do teu almoço
e o carinho no gosto do teu café.
Você mostrou que é bom moço
E verdadeiramente quem você é.
Por isso que esse encontro teve tudo de bonito
e parei de dar na vida marcha-ré.
Vou lembrar de tudo o que aconteceu
e voltar a, na humanidade, ter fé!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Fruta do dia: Morango



Morde a mim
tal qual morango.
Sente a maciez do começo ao fim.
Aprecia o desejo que vai dando.
Deixa vir em ti a alegria de ser meu arlequim.
E, enquanto estiver me degustando,
ainda que rapidinho, como no balcão de botequim
deixa eu escorrer meu desejo gozando
que é como pular de olhos vendados do mais alto trampolim...

Pedido


Aqui, muito calor. E eu, no cio, que nem cachorra.
Queria sentir você! Me tira dessa masmorra!
Mergulha no meu corpo, faz com que meu suor escorra.
Me deixa serena e melada com seus beijos... e sua porra...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Safada diversão



Gosto quando sua vara
fica bem perto da minha cara
e posso, à vontade, satisfazer minha tara...

Bom dia!


firesoul085:

She loved keeping him on edge all evening. It made the time pass so quickly for her, and so slowly for him!



Such a great photo… Love it!

Sei que você quer carinho.
E logo de manhã cedinho.
Então vem aqui que prometo te dar tu-di-nho
o dia to-di-nho...

Mapa da mina



Gosto quando você dá a dica.
Me diz onde está e eu, bem safada,
vou correndo atrás da sua pica.
Gosto de ser por você toda beijada.
Gosto do que seu corpo, ao meu, indica.
Gosto de ser por você tarada
e de como minha xana melada fica.
Por isso queria dar a você todo dia, feito vagaba
ao invés de ficar aqui, longe, batendo siririca.
Seja meu macho, me acaba.
Senão, viro, só pra você, pudica
e nunca mais que você me enraba!
E aí? Se arrisca?


Degustações



Tarados leitores.
Desculpe a demora.
Fui atrás de amores
e perdi a hora.
Mas voltei cheia de novos sabores
que colhi pelo mundo afora.
No corpo cheia de dores,
como boa pecadora.
No coração saudade dos meus caçadores.
E vontade de não vir embora.
Mas como eles são todos gentis senhores
sabem que  bem me divido e sou só de vocês agora.
Por isso desejo a todos, daqui e de outros lugares
Felizes gozos, do entardecer, até a aurora!