quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Da água para o vinho


Gosto quando me chama de meu bem...
E gosto quando me beija comportado.
Mas gosto também,
quando me chama de vadia e vira tarado.
Me beija de dia, na frente de cem.
Ou me beija no escuro,
(sabe que vem e que tem)
e me põe contra o muro!
Ah! Adoro esse vai e vem
de, em mim, teu pau duro,
e todo mundo olhando. Que tal hoje? Hein?

2 comentários:

Simplesmente disse...

Hoje? e que tal todos os dias?

Fogo-fátuo disse...

Pra todos os dias queria um só. Mas está difícillllll. Rsss. Será que alguém se habilita?